« Página Inicial

0

candidaturas

Bolsa de Investigação Full-time

de Universidade do Minho Lisboa em Lisboa (Publicado em 30-07-2020)

1. Descrição do cargo/posição/bolsa
1. Job description

Cargo/posição/bolsa:

Bolsa de Investigação
Referência: 0591_FOODSENS_1_E ? Bolsa BI LIC

Área científica genérica: Engineering

Área científica específica: Electronic engineering


Resumo do anúncio:

Encontra-se aberto o concurso para atribuição de 1 (uma) Bolsa de Investigação para Licenciado (BI LIC) no âmbito do projeto de I&D "Transferencia de tecnologías sensóricas para prevenir riesgos alimentarios?/CMEMS, com referência 0591_FOODSENS_1_E, cofinanciado pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER) através do Programa INTERREG V-A España-Portugal (POCTEP) 2014-2020, nos termos do Aviso de Abertura de Concurso n.º 26/SI/2016 no âmbito da alínea a) do n.º 1 do artigo 62º do Regulamento Específico do domínio da Competitividade e Internacionalização (RECI), Portaria n.º 57-A/2015, de 27 de fevereiro.

Texto do anúncio
Encontra-se aberto o concurso para atribuição de 1 (uma) Bolsa de Investigação para Licenciado (BI LIC) no âmbito do projeto de I&D "Transferencia de tecnologías sensóricas para prevenir riesgos alimentarios?/CMEMS, com referência 0591_FOODSENS_1_E, cofinanciado pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER) através do Programa INTERREG V-A España-Portugal (POCTEP) 2014-2020, nos termos do Aviso de Abertura de Concurso n.º 26/SI/2016 no âmbito da alínea a) do n.º 1 do artigo 62º do Regulamento Específico do domínio da Competitividade e Internacionalização (RECI), Portaria n.º 57-A/2015, de 27 de fevereiro, com as seguintes condições: Área científica genérica: Engineering Área científica específica: Electronic Engineering Destinatários e Requisitos de admissão: os candidatos devem possuir, à data da candidatura, o grau de Licenciado em Eletrónica Industrial e Computadores e domínio do idioma inglês, falado e escrito. Perfil curricular e experiência em investigação científica: Os candidatos devem possuir grau de licenciatura na área acima indicada. Será dada prioridade a candidatos com experiência relevante no desenvolvimento de transdutores e circuitos eletrónicos para monitorização de variáveis marinhas bem como do seu sistema de controlo, atuação e leitura. Para além disso, os candidatos devem ter bons conhecimentos no desenvolvimento de microssistemas de deteção. É ainda valorizada a experiência profissional e participação em projetos de investigação na área do concurso. Elegibilidade dos candidatos: São elegíveis os candidatos que cumpram o disposto na alínea a) do n.º 1 do artigo 2.º do Estatuto do Bolseiro de Investigação, na redação dada pelo Decreto-Lei n.º 123/2019, de 28 de agosto, e ainda os n.os 1 e 2 do artigo 6.º do Regulamento de Bolsas de Investigação da Fundação para a Ciência e Tecnologia. Os candidatos deverão reunir as condições de elegibilidade previstas no artigo 9º do Regulamento de Bolsas de Investigação da FCT I.P (2019). Plano de trabalhos: O plano de trabalhos insere-se no projeto 0591_FOODSENS_1_E, nas atividades/tarefas associados ao desenvolvimento de uma plataforma microfluidica automatizada para identificação de espécies de fitoplâncton tóxico utilizando um sistema de deteção ótico. Para isso, será necessário desenvolver trabalhos de investigação nos domínios das microtecnologias e ótica para o fabrico de um lab-on-a-chip para quantificação e classificação de fitoplâncton tóxico com microeletrónica de deteção e aquisição do sinal integrado e eletrónica associada. Mais especificamente, caracterização espectral à microescala de espécies de fitoplâncton, projeto, simulação e implementação do sistema ótico e eletrónico miniaturizado em chip integrado com microcanais fluídicos. Para o projeto dos microcanais fluídicos será utilizado o software Comsol e para o projeto da microeletrónica será utilizado o software Tanner ou Cadence. Fabrico do chip com eletrónica CMOS; teste laboratoriais e demonstração em campo. Legislação e regulamentação aplicável: Lei n.º 40/2004, de 18 de Agosto (Estatuto do Bolseiro de Investigação Cientifica); alterada pelo Decreto-Lei 202/2012 de 27 de agosto, pela Lei nº 12/2013 de 29 de janeiro de 2013, pelo Decreto-Lei n.º 89/2013, de 9 de julho, e pelo Decreto-Lei n.º 123/2019 de 28 de agosto; Regulamento de Bolsas de Investigação Científica da Universidade do Minho, em vigor; Regulamento de Bolsas de Investigação da Fundação para a Ciência e a Tecnologia, I.P. em vigor: https://www.fct.pt/apoios/bolsas/regulamentos.phtml.pt. Unidade de acolhimento e Orientação científica: As atividades serão desenvolvidas no Departamento de Eletrónica Industrial da Universidade do Minho e no CMEMS, Campus de Azurém em Guimarães e Campus de Gualtar em Braga, sob orientação científica da Professora Doutora Graça Maria Henriques Minas e Professor Doutor Luís Miguel Valente Gonçalves. Duração da(s) bolsa(s): A bolsa terá à duração de 12 meses, com início previsto em outubro de 2020, em regime de exclusividade, conforme regulamento de formação avançada de Recursos Humanos da Fundação para a Ciência e Tecnologia (FCT) (https://www.fct.pt/apoios/bolsas/docs/RegulamentoBolsasFCT.pdf). Valor do subsídio de manutenção mensal: O montante da bolsa pode ser consultado na tabela de valores das bolsas atribuídas diretamente pela FCT, I.P. no País (http://www.fct.pt/apoios/bolsas/valores), sendo o pagamento efetuado mensalmente por transferência bancária. Outros benefícios: Reembolso do Seguro Social Voluntário, correspondente ao 1º Escalão da base de incidência contributiva (para bolsas com duração igual ou superior a 6 meses) e Seguro de Acidentes Pessoais. Métodos de seleção (1): Os métodos de seleção a utilizar serão os seguintes, com a respetiva valoração: ? 60% a) Avaliação curricular (0-5 pontos) b) Experiência devidamente comprovada em projeto de circuitos eletrónicos, em particular desenvolvimento de sensores para água. Os candidatos deverão possuir capacidade de iniciativa e boas qualidades para trabalhar em equipa. (0-5 pontos). - 40% c) Entrevista (0-5 pontos) aos 2 candidatos com melhor pontuação nos pontos anteriores. O júri reserva-se ao direito de não atribuir a bolsa no caso de não se apresentarem a concurso candidatos com perfil adequado. (1) Os candidatos com graus obtidos no estrangeiro deverão apresentar comprovativo do reconhecimento das habilitações em Portugal e conversão da classificação final neles obtida para a escala de classificação portuguesa. Aos candidatos que não cumpram esta disposição, o júri atribuirá a classificação mínima na nota do curso de licenciatura e/ou mestrado, de acordo com a escala de valores definida. Em caso de decisão favorável à atribuição da bolsa, o(a) bolseiro(a) deverá apresentar comprovativo do reconhecimento do grau com a classificação final na fase de celebração do contrato, nos termos do artigo 25º do Decreto-Lei n.º 66/2018, de 16 de agosto, que estabelece o regime jurídico aplicável aos processos de reconhecimento, requeridos após 1 janeiro de 2019. Informação adicional disponível no Portal da Direção-Geral do Ensino Superior: https://www.dges.gov.pt/pt/pagina/reconhecimento?plid=374. Composição do Júri de Seleção: As candidaturas serão apreciadas por um júri composto por elementos da Universidade do Minho (UM), nomeadamente: Graça Minas (Presidente), Luís Gonçalves (Vogal), Vânia Pinto (Vogal). É vogal suplente o Professor Paulo Mendes. O Professor Luís Gonçalves substituirá o presidente na sua falta ou impedimento. Forma de publicitação/notificação dos resultados: Os resultados finais da avaliação (ata de seriação anexa à notificação) serão comunicados aos candidatos através de correio eletrónico, até 90 dias úteis após a data limite de submissão de candidaturas. Caso o resultado seja desfavorável à concessão da bolsa requerida, os candidatos têm um prazo de 10 dias úteis para se pronunciarem, querendo, em sede de audiência prévia aos interessados, nos termos do artigo 121º e 122º do Código do Procedimento Administrativo (DL nº 4/2015 de 7 de janeiro). Procedimentos de reclamação e recurso: Os resultados finais da avaliação serão publicitados através de lista ordenada, por nota final obtida, afixada em local visível e público da Escola de Engenharia da Universidade do Minho, bem como através de correio eletrónico a todos os candidatos, anexando-se, para o efeito, as atas com as deliberações do júri. O candidato selecionado deverá manifestar por escrito a intenção de aceitação da bolsa. Em caso de não aceitação, a bolsa será atribuída ao candidato por ordem de seriação final. Da decisão final pode ser interposta reclamação, no prazo de 15 dias úteis, dirigida ao Presidente do Júri. Os interessados poderão ainda apresentar recurso hierárquico facultativo, dirigido ao Sr. Pró-Reitor para a Investigação e Projetos, Professor Doutor Filipe Vaz. Prazo de candidatura e forma de apresentação das candidaturas: O concurso encontra-se aberto no período de 10/08/2020 a 21/08/2020. As candidaturas devem ser formalizadas obrigatoriamente através do envio de carta de apresentação indicando as razões da candidatura, acompanhada dos seguintes documentos: (1) Curriculum Vitae detalhado, com indicação de e-mail, (2) Carta de motivação; e (3) documentos comprovativos das habilitações académicas. As candidaturas deverão ser enviadas exclusivamente por correio eletrónico para [email protected] indicando no assunto a referência: ?Candidatura 0591_FOODSENS_1_E ? Bolsa BI LIC?. A falta de algum dos documentos exigidos na candidatura, ou o envio/entrega da mesma para outro local que não o supra indicado, poderá implicar a exclusão desta. Política de não discriminação e de igualdade de acesso: A UMinho promove uma política de não discriminação e de igualdade de acesso, pelo que nenhum candidato pode ser privilegiado, beneficiado, prejudicado ou privado de qualquer direito ou isento de qualquer dever em razão, nomeadamente, de ascendência, idade, sexo, orientação sexual, estado civil, situação familiar, situação económica, instrução, origem ou condição social, património genético, capacidade de trabalho reduzida, deficiência, doença crónica, nacionalidade, origem étnica ou raça, território de origem, língua, religião, convicções políticas ou ideológicas e filiação sindical.


Número de vagas: 1

Tipo de contrato: Informação não disponível

País: Portugal

Localidade: Braga e Guimarães

Instituição de acolhimento: Universidade do Minho


Data limite de candidatura: 21 August 2020

(A data limite de candidatura deve ser confirmada no texto do anúncio)



2. Dados de contactos da organização
2. Organization contact data

Instituição de contacto: Centro MEMS

Endereço:
dept. of Industrial Electronics

Guimarães - 4800-058

Portugal

Email: [email protected]



Empregos recentes de Universidade do Minho


Visto: 45 vezes
« Volte para a categoria
Considera esta oferta falsa? Denuncie!   
Recomendar a um amigo
« Página Inicial
Receba Ofertas de Emprego
no seu Email:
Facebook Twitter Rss