« Página Inicial

Este anúncio de emprego tem mais de 90 dias ...

0

candidaturas

Bolsa de Investigação para Mestre Full-time

de Campo Arqueológico de Mértola em Lisboa (Publicado em 19-12-2019)

EDITAL CONCURSO PARA ATRIBUIÇÃO DE BOLSAS DE INVESTIGAÇÃO O Campo Arqueológico de Mértola abre concurso para a atribuição de uma Bolsa de Investigação no âmbito do projeto ?Necrópole islâmica de Mértola? Cargo/posição/bolsa: Bolsa de Investigação Referência do projecto: Necrópole islâmica de Mértola Área científica principal: História. Investigador responsável: Cláudio Figueiredo Torres 1. Duração e regime da actividade A bolsa de investigação terá a duração de 1 ano, com início previsto para 1 de janeiro de 2020, em regime de exclusividade, conforme as Normas para Atribuição de Bolsas no Âmbito de Projectos de Investigação da Fundação para a Ciência e Tecnologia. 2. Local do trabalho Campo Arqueológico de Mértola, Rua António José de Almeida, 1-3, 7750-353 Mértola. 3. Objecto da actividade O projecto de investigação tem como propósito geral o estudo da Necrópole Islâmica de Mértola. O bolseiro será integrado na equipa do projecto, tendo as seguintes tarefas a seu cargo: a) Revisão bibliográfica b) Consulta de documentação de arquivo referente à Necrópole islâmica de Mértola c) Consulta de registos de campo da Necrópole islâmica de Mértola d) Elaboração de base de dados sobre a Necrópole islâmica de Mértola e) Recolha e sistematização da cartografia referente à Necrópole islâmica de Mértola f) Estudo do material osteológico da Necrópole islâmica de Mértola 4. Remuneração O montante da bolsa corresponde a 989,70? (novecentos e oitenta e nove euros e setenta cêntimos) mensais, conforme tabela de valores de bolsas de formação avançada no País atribuídas pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia: http://alfa.fct.mctes.pt/apoios/bolsas/valores. O valor mensal da remuneração poderá ser acrescido do valor do Seguro Social Voluntário quando previamente requerido pelo bolseiro. 5. Formação requerida É requisito mínimo de formação o Mestrado na área de Evolução e Biologia Humana. Valorizar-se-á a formação na área de História e Arqueologia e o conhecimento das Necrópoles de Mértola. Os candidatos deverão ter experiência na área da escavação arqueológica, tratamento de espólio osteológico e antropologia funerária, e prática na utilização de programas de processamento de texto e base de dados (nomeadamente File Maker). 6. Documentos de suporte da candidatura a) Curriculum Vitae do(a) candidato(a), onde constará a formação académica com as respectivas classificações, bem como as competências relacionadas com o perfil de funções definido no presente anúncio, o endereço e outros meios de contacto; b) Carta de motivação dando conta da adequação do/a candidato/a ao perfil requerido; c) Projeto de investigação com objetivos, metodologia e plano de atividades; d) Outra documentação que o/a candidato/a considere relevante para a apreciação da candidatura. 7. Envio da documentação As candidaturas deverão ser enviadas por correio registado com aviso de recepção para: Campo Arqueológico de Mértola A/c Susana Gómez, Projeto Necrópole Islâmica de Mértola, Rua António José de Almeida, 1-3, 7750-353 Mértola. 8. Prazo de recepção de candidaturas Início da receção das candidaturas: 20 de dezembro de 2019. Encerramento das candidaturas: 27 de dezembro de 2019 (data limite da expedição de correio). 9. Critérios de avaliação A avaliação terá em conta a avaliação do curriculum e da carta de motivação. No caso do júri considerar necessário, serão requeridos esclarecimentos em entrevista presencial. Critérios de avaliação: a) Qualificação e média académica da formação requerida; b) Experiência de investigação na área de desenvolvimento da bolsa c) Motivação demonstrada pelo candidato; d) Disponibilidade; 10. Júri do concurso de admissão Presidente: Professora Doutora Susana Gómez Martínez. Vogais: Professor Doutor Virgílio António Martins Lopes e Doutor Cláudio Figueiredo Torres. 11. Legislação A bolsa é atribuída ao abrigo do Estatuto do Bolseiro de Investigação, designadamente a Lei n.º 40/2004, de 18 de agosto, alterada e republicada pelo Decreto-Lei n.º 202/2012, de 27 de agosto, pela Lei n.º 12/2013, de 29 de janeiro, pelo Decreto-Lei n.º 89/2013, de 9 de julho, e pelo Decreto-Lei n.º 123/2019. de 28 de agosto que aprova o Estatuto do Bolseiro de Investigação. Para mais esclarecimentos e informações adicionais contactar a Professora Doutora Susana Gómez Martínez através do e-mail: geral©camertola.pt. O Diretor do Campo Arqueológico de Mértola Cláudio Figueiredo Torres



Visto: 68 vezes
« Volte para a categoria
Considera esta oferta falsa? Denuncie!   
Recomendar a um amigo
« Página Inicial
Receba Ofertas de Emprego
no seu Email:
Facebook Twitter Rss