« Página Inicial

Este anúncio de emprego tem mais de 90 dias ...

0

candidaturas

Aviso de Abertura de Concurso Internacional para Contratação de Investigador(a) Doutorado(a) Full-time

de NOVA.id.FCT - Associação para a Inovação e Desenvolvimento em Lisboa (Publicado em 27-02-2019)

  • Modalidade de contratação e legislação aplicável

A contratação do(a) Investigador(a) Doutorado(a) realizar-se-á através de Contrato de Trabalho a Termo Incerto, a celebrar nos termos do Código do Trabalho, aprovado pela Lei n.º 7/2009, de 12 de Fevereiro, na sua redação atual. O contrato terá uma duração previsível de 30 meses, a qual não deverá exceder a duração do Projeto acima identificado.

São ainda aplicáveis ao presente processo de contratação, designadamente, o Decreto-Lei n.º 57/2016, de 19 de Julho, alterado pela Lei nº 57/2017, de 29 de Agosto (RJEC) e o Decreto Regulamentar n.º 11-A /2017, de 29 de Dezembro.

  • Principais funções e actividades e exclusividade

O(a) Investigador(a) Doutorado(a) irá desenvolver trabalho de modo a apoiar a equipa de investigação nas várias tarefas previstas no projeto, quer no domínio da operacionalização dessas tarefas quer no domínio da investigação educacional relacionada com as mesmas. Pretende-se assim que o Investigador Doutorado intervenha nos seguintes domínios de trabalho do projeto:

  • colaboração na preparação, produção e edição de artigos científicos;
  • apoio aos membros da equipa na recolha e organização e tratamento de dados;
  • recolha e análise de documentação;
  • edição de livros;
  • organização de encontros e seminários de investigação;
  • apoio na gestão corrente do projeto.
O(a) Investigador(a) Doutorado(a) dedicará plenamente a totalidade da sua atividade profissional à NOVA.id.FCT, com carácter de exclusividade.

  • Local de trabalho

O(a) Investigador(a) Doutorado(a) prestará o seu trabalho nas instalações da Unidade de Investigação Educação e Desenvolvimento (UIED) sitas na Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa e efetuará todas as deslocações, em Portugal ou no estrangeiro, inerentes às suas funções ou necessárias ao exercício da sua atividade.

  • Remuneração mensal
O(a) Investigador(a) Doutorado(a) auferirá uma remuneração mensal ilíquida de ? 2.128,34 que tem por referência o 1º escalão do nível remuneratório inicial, nos termos do nº 2 do Artigo 15º do DL nº 57/2016 de 19 de Julho, na redação da Lei nº 57/2017 de 29 de Agosto, e do Decreto Regulamentar nº 11-A/2017, de 29 de Dezembro.

  • Requisitos de admissão

Podem apresentar-se ao presente concurso candidatos nacionais, estrangeiros e apátridas, titulares do grau de doutor em Ciências da Educação e que possuam os seguintes requisitos específicos de trabalho na área:

A. Anterior experiência na publicação de artigos, capítulos de livros, livros;

B. Anterior experiência na elaboração de relatórios;

C. Anterior experiência na organização de encontros científicos;

D. Anterior experiência na participação em projetos de investigação;

E. Domínio de Tecnologias de Informação;

F. Domínio da Língua Portuguesa;

G. Domínio da Língua Inglesa.

  • Avaliação das Candidaturas e Composição do Júri

A avaliação das candidaturas será efetuada por um júri e seguirá a tramitação prevista nos artigos 13º e 14º aplicáveis por remissão do artigo 19º todos do DL nº 57/2016 de 19 de Julho, na redação da Lei nº 57/2017 de 29 de Agosto.

Nos termos do disposto no Artigo 13º do DL nº 57/2016, o júri tem a seguinte composição:

  • Presidente: Prof. Doutor António Manuel Dias Domingos;
  • Vogal: Professora Doutora Alexandra Sofia da Cunha Rodrigues;
  • Vogal: Professora Doutora Ana Elisa Esteves Santiago;
  • Vogal Suplente: Professora Doutora Maria Conceição Monteiro da Costa;
  • Vogal Suplente: Professor Doutor José Manuel Leonardo de Matos.
  • Critérios de selecção

A seleção do(a) Investigador(a) Doutorado(a) a contratar será realizada através da avaliação do seu percurso científico e curricular, nos termos do DL nº 57/2016 de 19 de Julho, na redação da Lei nº 57/2017 de 29 de Agosto, sendo os seguintes os critérios de seleção e a respetiva ponderação:

a) Formação Académica (10 %);

b) Análise curricular baseada nos requisitos específicos de admissão (80 %);

c) Qualidade da Entrevista (10 %).

A entrevista apenas será realizada aos candidatos cuja classificação seja superior a 60 % nos primeiros dois critérios.

8. Decisão Final

A deliberação final do júri será homologada pelo dirigente máximo da NOVA.id.FCT a quem compete ainda decidir sobre a contratação.

A lista dos candidatos admitidos e excluídos e a lista de classificação final são publicitadas no sítio na Internet da NOVA.id.FCT (www.novaidfct.pt) e enviadas por correio eletrónico, com recibo de entrega, a todos os candidatos.

9. Apresentação de Candidaturas
As candidaturas devem ser apresentadas entre os dias 01/03/2019 e 15/03/2019, através do envio, por correio eletrónico para [email protected] e [email protected], de um único ficheiro PDF contendo os seguintes documentos, redigidos em Português:

  • Currículo
  • Carta de motivação
  • Certificado de habilitações (reconhecido em Portugal de acordo com a legislação em vigor)
10. Política de não discriminação e de igualdade de acesso
A NOVA.id.FCT promove ativamente uma política de não discriminação e de igualdade de acesso, pelo que nenhum candidato pode ser beneficiado, prejudicado ou privado de qualquer dever em razão, nomeadamente de ascendência, idade, sexo, deficiência, orientação sexual, doença crónica, nacionalidade, origem étnica ou raça, religião ou convicções políticas.


Visto: 81 vezes
« Volte para a categoria
Considera esta oferta falsa? Denuncie!   
Recomendar a um amigo
« Página Inicial
Receba Ofertas de Emprego
no seu Email:
Facebook Twitter Rss